Maui Shell chegou, inaugurando uma nova era do desktop Linux

Após o novo anúncio de DE baseado em RUST do System76, aqui está outra novidade para os usuários do Linux desktop.

30 de dezembro de 2021
Maui Shell chegou, inaugurando uma nova era do desktop Linux

Nos últimos anos, tem sido bem interessante ver a equipe por trás do Nitrux Linux expandir sua influência na comunidade Linux. Agora, essa influência está programada para se expandir ainda mais com sua mais nova Maui Shell. Convido você a conhecer.

Conheça o projeto Maui

Criado, desenvolvido e mantido pela mesma equipe por trás do Nitrux Linux, o projeto Maui produziu uma grande variedade de aplicativos essenciais. Na verdade, o gerente de arquivos deles, Index, até conseguiu entrar na nossa lista de meus 5 melhores aplicativos de 2021!

Todos os seus aplicativos usam uma estrutura personalizada chamada MauiKit. Baseado em Kirigami. O MauiKit foi projetado para ser convergente, o que significa que os aplicativos funcionam igualmente bem em desktops e dispositivos móveis. Além disso, ele dá aos desenvolvedores um conjunto maior de widgets prontos para tornar a criação de aplicativos mais rápida.

Alguns dos aplicativos que eles produziram até agora incluem:

  • Index (gerenciador de arquivos)
  • Nota (aplicativo de anotações)
  • VVave (music player)
  • Clip (Reprodução de vídeo)
  • Pix (visualizador de imagem)

Embora todos esses sejam ótimos aplicativos em si, eles sempre pareceram um pouco fora de lugar no ambiente de desktop KDE Plasma padrão do Nitrux Linux. É aí que a Maui Shell entra.

A Maui Shell

Construída usando as mesmas tecnologias MauiKit e Qt que os aplicativos Maui, a Maui Shell é uma nova aventura no espaço do ambiente de desktop para a Nitrux. A partir da captura de tela acima, pode-se ver que ele é fortemente inspirado no GNOME Shell, e isso realmente é percebido durante o uso.

No entanto, isso não significa que não seja original. Deslizar para cima abre uma visão geral semelhante a Atividades do Gnome. Acompanhado por este é um pequeno dock que permite o lançamento de aplicativos através do lançador, que é bastante bonito por sinal. No canto superior direito, um centro de controle muito parecido com o macOS pode ser visto, com um grande número de controles disponíveis em uma série de menus muito bem pensados.

A Maui Shell fica muito mais responsiva em sistemas low-end (e máquinas virtuais) em comparação com a versão padrão do Plasma no Nitrux.

No geral, do ponto de vista da usabilidade, esperamoms que a Maui Shell domine. Mas ainda não falamos da maior característica da Maui Shell: Convergência.

Convegência é o foco

Muitos de vocês se lembrarão das tentativas da Canonical em 2010 de criar um ambiente semelhante chamado Unity. No final, acabou sendo um grande fracasso, com ele sendo completamente eliminado em 2018. No entanto, ele tinha uma característica fundamental que compartilha com Maui Shell: Convergência.

À medida que o Linux em dispositivos móveis ganha esforço de desenvolvimento, o suporte à convergência está se tornando cada vez mais importante. Como tal, é incrível ver que um novo ambiente de desktop tenha suporte igual para desktop e fatores de forma móveis.

Isso só pode ser alcançado quando há uma variedade de aplicativos convergentes pré-existentes, e Maui está em uma posição única onde isso existe. Esta é apenas uma razão pela qual parece que Maui Shell pode ser simplesmente o futuro do Linux desktop.

Experimentando Maui Shell

Ao contrário de muitas outras peças de software recém-lançadas, a Maui Shell está disponível fora da caixa no recém-lançado Nitrux 1.8. Se você quiser experimentá-lo por si mesmo, sinta-se livre para pegar o ISO no link abaixo. No entanto, antes disso, deve-se notar que a Maui Shell ainda está em desenvolvimento precoce.

Apesar da longa lista de recursos inovadores, alguns elementos ou estão quebrados, não implementados ainda, ou apenas faltando. Algumas delas incluem:

  • Suporte a Bluetooth
  • Suporte ao PulseAudio
  • Opções de rede
  • Controle de MPRIs
  • Suporte de arrastar e soltar
  • Suporte multi-tela
  • Um aplicativo de configurações
  • Extensão XWayland.

Por causa disso, não podemos recomendar que usem Maui Shell como seu sistema em produção. Para isso, você provavelmente terá que esperar pelo lançamento final no outono de 2022.

O que achou? Compartilhe sua opinião.

Via itsfoss.com. Você pode conferir o post original em inglês:

Maui Shell is Here, Ushering in a New Era of Desktop Linux
Aproveite e assista um de nossos vídeos