Depois do Chromium, o Ubuntu agora converte o Firefox para Snap por padrão

17 de setembro de 2021

Uma das principais e controversas mudanças para o próximo Ubuntu 21.10 é a conversão do Firefox de DEB para Snap.

Sim, você ouviu direito. O Firefox padrão será um aplicativo Snap, não a versão DEB normal.

Como apontado por omg!ubuntu, isso é feito seguindo um acordo entre Mozilla e a Canonical (empresa-mãe do Ubuntu).

A exceção de freeze de recursos (FFE) menciona claramente:

Por um acordo de distribuição da Canonical com a Mozilla, estamos disponibilizando a instalação padrão do Firefox como snap nas ISOs Desktop a partir do Ubuntu 21.10.

Com essa alteração, o pacote Firefox DEB será convertido em pacote Snap Firefox.

Isso significa que agora o Firefox estará disponível como Snap. Acho que essa mudança também significa que, mesmo que você use o comando apt para instalá-lo, você estará recebendo o pacote Snap.

Deja vu?

Se você tá sentindo que isso já aconteceu no passado, você está certo. No passado, o Ubuntu converteu o navegador Chromium para Snap.

Hoje, se você usar o apt install chromium-browser, você ainda receberá a versão Snap. Não há pacote de DEB para Chromium no Ubuntu mais.

Quando o Ubuntu fez essa mudança repentina sozinha, houve um alvoroço. A conversão do Firefox para Snap também criará controvérsia. Mas desta vez, o Ubuntu compartilha a culpa com o Mozilla.

Mozilla quer Snap

Firefox mudando para encaixar no Ubuntu

Curiosamente, foi a Mozilla que pediu à Canonical essa mudança. A Mozilla manterá a versão Snap do Firefox e os usuários finais receberão atualizações rápidas diretamente da fonte.

Afinal, leva alguns dias antes de uma nova versão do Firefox chegar no Ubuntu. Com o Snap, seu Firefox será atualizado para a nova versão no mesmo dia.

Preocupações?

Algumas com certeza. Eu sei que há algumas pessoas completamente avessas ao Snap, mas eu não sou uma deles.

Eu tenho três grandes reclamações com pacotes de snap: velocidade de inicialização lenta, má integração do sistema e grande espaço em disco.

Com o passar do tempo, os snaps melhoraram no que diz respeito ao espaço em disco. Mas apesar de todas as melhorias, os pacotes snap ainda demoram mais para iniciar. Isso pode ser tolerável com um IDE, mas pode arruinar a experiência de navegação.

Essa velocidade de inicialização lenta me faz pensar por que é chamado de 'Snap' porque certamente, ele não começa em um "snap".

Outra coisa que me incomoda é a atualização automática. Aplicativos Snap são atualizados automaticamente. Se a Mozilla começar a empurrar atualizações com mais frequência, este negócio do Firefox ficar reiniciando no meio do serviço será mais freqüentemente também.

Reinício do Firefox na nova guia

A mudança irá impactá-lo quando você instalar ou atualizar para o Ubuntu 21.10. A mudança acabará se propagando para o Ubuntu 22,04 LTS.

O que você acha dessa mudança? Boa ou não?

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Abhishek e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

After Chromium, Ubuntu Now Converts Firefox to Snap by Default

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda