Pasta ou diretório? Veja por que as pastas são chamadas de diretórios no Linux

Quando você mudar para o Linux, você verá que as pastas são muitas vezes denominada diretórios. Você deve chamá-lo de pasta ou diretório? Há alguma diferença?

28 de dezembro de 2021
Pasta ou diretório? Veja por que as pastas são chamadas de diretórios no Linux

Se você começar a usar computadores com Windows, é provável que você use o termo pasta.

Mas quando você mudar para Linux, você verá que as pastas são muitas vezes denominadas como diretórios.

Isso pode confundir alguns novos usuários do Linux. Você deve chamá-las de pasta ou diretórios? Há alguma diferença?

O negócio é o seguinte. Você pode chamá-la de pasta se quiser ou diretório, se quiser. Não vai fazer diferença.

Mas se você se pergunta por que uma pasta é chamada de diretório no Linux, aqui está alguma explicação.

Por que uma pasta é chamada de diretório no Linux?

Antes de explicar isso, vamos lembrar para que uma pasta e diretório são usados no mundo real.

Uma pasta (envelope) pode ser usada para manter vários arquivos (ou outros itens) nele. Um diretório pode ser usado para manter um índice de itens para que você possa encontrar quais itens estão localizados onde.

diretório da pasta

Ilustração de pasta e diretório

Agora, vamos voltar para o diretório. O termo existia antes mesmo da existência do Linux. Vem da era UNIX. O Linux herda um monte de coisas do UNIX e esta é apenas uma dessas muitas coisas.

Agora deixe-me dizer-lhe algo que pode surpreendê-lo. Um diretório NÃO mantém arquivos dentro dele. Diretório é um 'arquivo especial' que sabe onde (o conteúdo de) um arquivo é armazenado na memória (através inode).

Isso faz sentido, porque se chama diretório. Um diretório mantém o índice de itens, não necessariamente os próprios itens. Os diretórios do Linux e UNIX não mantêm os arquivos dentro dele. Eles só têm a informação sobre a localização dos arquivos.

Então, por que é chamada de pasta? Para mim, vem da perspectiva. Quando você está em um ambiente gráfico, você visualiza as coisas. Aqui, os arquivos podem ser visualizados como páginas e essas páginas de arquivo são armazenadas em um envelope (pasta).

Quando os sistemas operacionais começaram a usar elementos gráficos, acho que alguns termos foram alterados de acordo e as pastas/diretórios foi um deles.

Você deve chamá-lo de pasta ou diretório?

Isso depende inteiramente de você. Você pode usar qualquer termo à sua conveniência.

No entanto, se você está aprendendo linha de comando Linux ou usá-la com frequência, usar o termo diretório pode ser um pouco mais útil.

Existem comandos Linux como mkdir, rmdir etc. O termo 'dir' dá uma dica de que esses comandos têm algo a ver com diretórios.

Da mesma forma, muitos comandos Linux e scripts bash usarão opções -d para diretórios e -f para arquivos.

Até mesmo as propriedades do arquivo no terminal distinguem entre arquivos e pastas (diretórios) colocando a letra d na frente dos diretórios.

Veja este exemplo onde eu tenho um arquivo de nome 'some' e uma pasta/diretório chamado 'something'. Observe como vários comandos Linux distinguem entre arquivo e diretório com 'dir' ou 'd'.

diretório de arquivos comanda diferença

Exemplo mostrando a diferença entre arquivos e operações de diretórios

Tudo isso me faz pensar que usar o termo 'diretório' será benéfico ao usar comandos Linux. Seria mais fácil para sua mente subconsciente relacionar os termos 'dir' e 'd' com diretório.

Mais uma vez, depende inteiramente de você se quiser chamá-la de pasta ou diretório. As pessoas entenderiam a que você está se referindo.

Acabei de dar algumas informações sobre a origem histórica do diretório do termo e isso deve dar-lhe alguma dica sobre por que as pessoas dizem 'tudo é um arquivo no Linux/UNIX'.

Agora que termei minhas divagações, convido você a comentar sobre isso. Se encontrar alguma imprecisão técnica, me avise, por favor.

Aproveite e assista um de nossos vídeos