Destruindo jargões Linux: O que é FOSS (Software Livre e de Código Aberto)? O que é código aberto?

26 de setembro de 2020

O que significa FOSS, no nome do site original desse artigo, It's FOSS? O que é FOSS?

Essa pergunta já me foi feita inúmeras vezes no passado. Já era hora de eu explicar o que é FOSS no Linux e no mundo do software.

A distinção é importante porque FOSS é um mundo genérico e pode significar diferente dependendo do contexto. Aqui, estou discutindo o princípio FOSS em software.

O que é FOSS?

FOSS significa "Free and Open Source Software": Software Livre e de Código Aberto. Isso não significa necessariamente que o software não tem custo. Isso significa que o código-fonte do software está aberto para todos e qualquer pessoa está livre para usar, estudar e modificar o código. Este princípio permite que outras pessoas contribuam para o desenvolvimento e melhoria de um software como uma comunidade.

A origem do FOSS

Nos anos 60 e 70, os computadores eram focados no hardware e o hardware era caro. Eles eram usados principalmente por acadêmicos em universidades ou pesquisadores em laboratórios. A quantidade limitada de software costumava vir gratuitamente ou com seu código-fonte e os usuários tinham permissão para modificar o código-fonte para atender às suas necessidades.

No final dos anos 70 e início dos anos 80, os fabricantes pararam de distribuir o código-fonte na tentativa de não permitir que seu software rodasse nos computadores de seus concorrentes.

Esse licenciamento restritivo gerou inconveniência e antipatia por pessoas que estavam acostumadas e gostavam de modificar softwares. Em meados dos anos 80, Richard Stallman deu início ao Movimento do Software Livre.

Stallman especificou quatro liberdades fundamentais essenciais para um software ser um Software Livre e de Código Aberto.

Liberdades de um software livre

Estou reformulando-os para facilitar a compreensão:

  • Qualquer usuário deve ser capaz de executar o software para qualquer propósito.
  • O usuário deve ter liberdade para ver o código-fonte do software e, se necessário, o usuário também deve ter permissão para modificar o código.
  • O usuário deve ser livre para distribuir as cópias do software a terceiros.
  • Se um usuário modificou o código, ele / ela deve ser livre para distribuir o código modificado a outros. O código modificado deve ter o código-fonte aberto.

Se estiver interessado, aconselho a leitura deste artigo sobre a história do FOSS.

Livre em "Software Livre e de Código Aberto" NÃO significa livre de custos

Frase "Liberdade de expressão e não cerveja liberada" com o fundo de Richard Stallman

Como você deve ter notado, o 'livre' em Software Livre e de Código Aberto não significa que seja gratuito. Significa liberdade para executar, modificar e distribuir o software.

Muitas vezes as pessoas pensam erroneamente que o software FOSS ou Open Source não pode ter um preço. Isso não está correto.

Quase todos os softwares livres e de código aberto estão disponíveis gratuitamente por uma série de razões:

  • O código-fonte já está disponível ao público, portanto, alguns desenvolvedores não veem nenhum ponto em colocar um preço nos downloads.
  • Alguns projetos são contribuídos gratuitamente por vários voluntários. Portanto, o(s) desenvolvedor(es) principal(is) consideram antiético cobrar por algo que foi contribuído gratuitamente por tantas pessoas.
  • Alguns projetos são apoiados e / ou desenvolvidos por grandes organizações corporativas ou sem fins lucrativos que empregam desenvolvedores para trabalhar em seus projetos de código aberto.
  • Alguns desenvolvedores criam projetos de código aberto como hobby ou por paixão em contribuir para o mundo com seu código. Coisas como número de downloads, contribuições e palavras de agradecimento são mais importantes do que dinheiro para eles.

Para evitar a ênfase em 'grátis', algumas pessoas usam o termo FLOSS. FLOSS significa Free and Libre Open Source Software. A palvra libre (que significa liberdade) é diferente de gartuit / gratis (gratuito).

Livre como na liberdade de expressão, não livre como em cerveja liberada.

Como os projetos FOSS ganham dinheiro?

É um mito que projetos de código aberto não rendem dinheiro. A Red Hat foi a primeira empresa de código aberto a atingir a marca de bilhões de dólares. A IBM comprou a Red Hat por US $ 34 bilhões. Há muitos exemplos assim.

Muitos projetos de código aberto, especialmente aqueles nos setores corporativos, oferecem suporte e recursos orientados para a empresa mediante o pagamento de uma taxa. Este é o principal modelo de negócios para Red Hat, SUSE Linux e outros projetos semelhantes.

Alguns projetos de código aberto, como Discourse, WordPress oferecem uma instância hospedada de seu software por uma taxa premium.

Muitos projetos de código aberto, especialmente os aplicativos de desktop, dependem de doações. VLC, GIMP, Inkscape e outros softwares de código aberto se enquadram nesta categoria. Existem maneiras de financiar programas de código aberto, mas normalmente, você encontrará links de doações em sites de projetos.

Ganhar dinheiro com software de código aberto pode ser difícil, mas não é totalmente impossível.

Mas eu não sou um programador. Por que devo me preocupar se um software é de código aberto ou não?

Essa é uma questão válida. Você não é um desenvolvedor de software, apenas um usuário regular de computador. Mesmo que o código-fonte do software esteja disponível, você não entenderá como o programa funciona.

Isso é bom. Você não vai entender, mas alguém com as habilidades necessárias vai e é isso que importa.

Pense desta forma. Talvez você não compreenda um documento legal complicado. Mas se você tiver a liberdade de olhar o documento e guardar uma cópia dele, pode consultar alguém que possa verificar se há armadilhas legais no documento.

Em outras palavras, o software de código aberto tem transparência.

Qual é a diferença entre FOSS e Open Source?

Título "O que é FOSS? O que é código aberto?"

Freqüentemente, você encontrará termos FOSS e código aberto. Eles são freqüentemente usados de forma intercambiável.

Eles são a mesma coisa? É difícil responder sim e não.

Veja, o termo 'free' em FOSS é confuso para muitos, pois as pessoas incorretamente assumem que é necessariamente gratuito. Executivos de empresas, altos escalões e tomadores de decisão tendem a se concentrar no "free" no Free e no Open Source. Como eles são empresários focados em ganhar dinheiro para suas empresas, o termo 'free' funciona como um impedimento na adoção dos princípios do FOSS.

É por isso que uma nova organização chamada Open Source Initiative foi criada em meados dos anos 90. Eles removeram o 'Livre' do Software Livre e de Código Aberto e criaram sua própria definição de Código Aberto e seu próprio conjunto de licenças.

O termo 'código aberto' se tornou bastante popular, especialmente na indústria de software. Os executivos estão mais confortáveis com Open Source. A adoção do código aberto cresceu rapidamente e acredito que a remoção do termo 'livre' desempenhou um papel aqui.

Tem perguntas?

Como expliquei no artigo o que é distribuição Linux, o conceito FOSS / código aberto desempenhou um grande papel no desenvolvimento e na popularidade do Linux.

Tentei explicar o conceito de FOSS e código aberto em termos mais simples neste artigo que destrói o jargão. Tentei evitar muitos detalhes ou precisões técnicas.

Espero que você compreenda melhor este tópico agora. Se você tiver dúvidas ou sugestões, fique à vontade para deixar um comentário e continuar a discussão lá.description: '---' title: 'Destruindo jargões Linux: O que é FOSS (Software Livre e de Código Aberto)? O que é código aberto?' media_order: 'foss-freedoms.jpg,think-free-speech-not-free-beer.jpg,o-que-e-foss-o-que-e-codigo-aberto.png,liberdades-foss.png,liberdade-expressao-cerveja.png' revised: true taxonomy: assunto:

  • explicação header_image_file: o-que-e-foss-o-que-e-codigo-aberto.png twitterenable: true twittercardoptions: summary articleenabled: true facebookenable: true original_title: 'Linux Jargon Buster: What is FOSS (Free and Open Source Software)? What is Open Source?' original_link: '/destruindo-jargoes-linux-o-que-e-foss-software-livre-e-de-codigo-aberto-o-que-e-codigo-aberto'

O que significa FOSS, no nome do site original desse artigo, It's FOSS? O que é FOSS?

Essa pergunta já me foi feita inúmeras vezes no passado. Já era hora de eu explicar o que é FOSS no Linux e no mundo do software.

A distinção é importante porque FOSS é um mundo genérico e pode significar diferente dependendo do contexto. Aqui, estou discutindo o princípio FOSS em software.

O que é FOSS?

FOSS significa "Free and Open Source Software": Software Livre e de Código Aberto. Isso não significa necessariamente que o software não tem custo. Isso significa que o código-fonte do software está aberto para todos e qualquer pessoa está livre para usar, estudar e modificar o código. Este princípio permite que outras pessoas contribuam para o desenvolvimento e melhoria de um software como uma comunidade.

A origem do FOSS

Nos anos 60 e 70, os computadores eram focados no hardware e o hardware era caro. Eles eram usados principalmente por acadêmicos em universidades ou pesquisadores em laboratórios. A quantidade limitada de software costumava vir gratuitamente ou com seu código-fonte e os usuários tinham permissão para modificar o código-fonte para atender às suas necessidades.

No final dos anos 70 e início dos anos 80, os fabricantes pararam de distribuir o código-fonte na tentativa de não permitir que seu software rodasse nos computadores de seus concorrentes.

Esse licenciamento restritivo gerou inconveniência e antipatia por pessoas que estavam acostumadas e gostavam de modificar softwares. Em meados dos anos 80, Richard Stallman deu início ao Movimento do Software Livre.

Stallman especificou quatro liberdades fundamentais essenciais para um software ser um Software Livre e de Código Aberto.

Liberdades de um software livre

Estou reformulando-os para facilitar a compreensão:

  • Qualquer usuário deve ser capaz de executar o software para qualquer propósito.
  • O usuário deve ter liberdade para ver o código-fonte do software e, se necessário, o usuário também deve ter permissão para modificar o código.
  • O usuário deve ser livre para distribuir as cópias do software a terceiros.
  • Se um usuário modificou o código, ele / ela deve ser livre para distribuir o código modificado a outros. O código modificado deve ter o código-fonte aberto.

Se estiver interessado, aconselho a leitura deste artigo sobre a história do FOSS.

Livre em "Software Livre e de Código Aberto" NÃO significa livre de custos

Frase "Liberdade de expressão e não cerveja liberada" com o fundo de Richard Stallman

Como você deve ter notado, o 'livre' em Software Livre e de Código Aberto não significa que seja gratuito. Significa liberdade para executar, modificar e distribuir o software.

Muitas vezes as pessoas pensam erroneamente que o software FOSS ou Open Source não pode ter um preço. Isso não está correto.

Quase todos os softwares livres e de código aberto estão disponíveis gratuitamente por uma série de razões:

  • O código-fonte já está disponível ao público, portanto, alguns desenvolvedores não veem nenhum ponto em colocar um preço nos downloads.
  • Alguns projetos são contribuídos gratuitamente por vários voluntários. Portanto, o(s) desenvolvedor(es) principal(is) consideram antiético cobrar por algo que foi contribuído gratuitamente por tantas pessoas.
  • Alguns projetos são apoiados e / ou desenvolvidos por grandes organizações corporativas ou sem fins lucrativos que empregam desenvolvedores para trabalhar em seus projetos de código aberto.
  • Alguns desenvolvedores criam projetos de código aberto como hobby ou por paixão em contribuir para o mundo com seu código. Coisas como número de downloads, contribuições e palavras de agradecimento são mais importantes do que dinheiro para eles.

Para evitar a ênfase em 'grátis', algumas pessoas usam o termo FLOSS. FLOSS significa Free and Libre Open Source Software. A palvra libre (que significa liberdade) é diferente de gartuit / gratis (gratuito).

Livre como na liberdade de expressão, não livre como em cerveja liberada.

Como os projetos FOSS ganham dinheiro?

É um mito que projetos de código aberto não rendem dinheiro. A Red Hat foi a primeira empresa de código aberto a atingir a marca de bilhões de dólares. A IBM comprou a Red Hat por US $ 34 bilhões. Há muitos exemplos assim.

Muitos projetos de código aberto, especialmente aqueles nos setores corporativos, oferecem suporte e recursos orientados para a empresa mediante o pagamento de uma taxa. Este é o principal modelo de negócios para Red Hat, SUSE Linux e outros projetos semelhantes.

Alguns projetos de código aberto, como Discourse, WordPress oferecem uma instância hospedada de seu software por uma taxa premium.

Muitos projetos de código aberto, especialmente os aplicativos de desktop, dependem de doações. VLC, GIMP, Inkscape e outros softwares de código aberto se enquadram nesta categoria. Existem maneiras de financiar programas de código aberto, mas normalmente, você encontrará links de doações em sites de projetos.

Ganhar dinheiro com software de código aberto pode ser difícil, mas não é totalmente impossível.

Mas eu não sou um programador. Por que devo me preocupar se um software é de código aberto ou não?

Essa é uma questão válida. Você não é um desenvolvedor de software, apenas um usuário regular de computador. Mesmo que o código-fonte do software esteja disponível, você não entenderá como o programa funciona.

Isso é bom. Você não vai entender, mas alguém com as habilidades necessárias vai e é isso que importa.

Pense desta forma. Talvez você não compreenda um documento legal complicado. Mas se você tiver a liberdade de olhar o documento e guardar uma cópia dele, pode consultar alguém que possa verificar se há armadilhas legais no documento.

Em outras palavras, o software de código aberto tem transparência.

Qual é a diferença entre FOSS e Open Source?

Título "O que é FOSS? O que é código aberto?"

Freqüentemente, você encontrará termos FOSS e código aberto. Eles são freqüentemente usados de forma intercambiável.

Eles são a mesma coisa? É difícil responder sim e não.

Veja, o termo 'free' em FOSS é confuso para muitos, pois as pessoas incorretamente assumem que é necessariamente gratuito. Executivos de empresas, altos escalões e tomadores de decisão tendem a se concentrar no "free" no Free e no Open Source. Como eles são empresários focados em ganhar dinheiro para suas empresas, o termo 'free' funciona como um impedimento na adoção dos princípios do FOSS.

É por isso que uma nova organização chamada Open Source Initiative foi criada em meados dos anos 90. Eles removeram o 'Livre' do Software Livre e de Código Aberto e criaram sua própria definição de Código Aberto e seu próprio conjunto de licenças.

O termo 'código aberto' se tornou bastante popular, especialmente na indústria de software. Os executivos estão mais confortáveis com Open Source. A adoção do código aberto cresceu rapidamente e acredito que a remoção do termo 'livre' desempenhou um papel aqui.

Tem perguntas?

Como expliquei no artigo o que é distribuição Linux, o conceito FOSS / código aberto desempenhou um grande papel no desenvolvimento e na popularidade do Linux.

Tentei explicar o conceito de FOSS e código aberto em termos mais simples neste artigo que destrói o jargão. Tentei evitar muitos detalhes ou precisões técnicas.

Espero que você compreenda melhor este tópico agora. Se você tiver dúvidas ou sugestões, fique à vontade para deixar um comentário e continuar a discussão lá.

Aproveite e assista um de nossos vídeos