5.13 será o primeiro kernel do Linux com suporte inicial para o dispositivo Apple M1

9 de abril de 2021

Enquanto já testemunhamos Ubuntu rodando no Apple M1, havia outro projeto comunitário que também estava trabalhando para trazer suporte ao Linux para dispositivos movidos a M1 da Apple - Asahi Linux.

Agora, parece que Hector Martin do Asahi Linux mandou um pull request para incluir a plataforma SOC da Apple M1 no próximo lançamento do Linux Kernel 5.13.

E, de acordo com um tweet recente do Asahi Linux, este foi posteriormente mesclado na Linux Soc Tree que deveria estar chegando ao Linux 5.13:

Em outras palavras, o apoio inicial para o Apple M1 Silicon está chegando em breve com o Linux Kernel 5.13 que começa no final de abril!

Suporte inicial do Linux para dispositivos M1 da Apple

Se você quiser inicializar em uma área de trabalho gráfica usando o Linux em um dispositivo Apple M1, vai demorar um pouco.

Claro, você pode seguir o trabalho do Corellium no port bem sucedido do Linux para executar o Ubuntu na Apple M1. Mas, isso é particularmente interessante porque isso não é um hack por si só, mas um suporte inicial de SOC inicial da Apple M1 no kernel Linux.

No entanto, conforme as notas de teste no pull request, ela ainda não inclui os drivers:

Isso foi testado em um Apple M1 Mac Mini inicializando para um framebuffer e console serial

Considerando que este trabalho estabelece a base de um suporte nativo de Apple M1 no Linux, é um grande feito para alcançar.

Tecnicamente, o pull request menciona o seguinte suporte de recursos planejado para ser adicionado no Linux 5.13:

  • UART (estilo Samsung) com suporte de Earlycon
  • Interrupções, incluindo afinidade e IPIS (controlador de interrupção da Apple)
  • SMP (através de suporte padrão de mesa de rotação)
  • simplefb-based framebuffer
  • Devicetree para o Mac Mini (deve funcionar para os outros também nesta fase)

Você pode ir em frente e explorar todos os detalhes técnicos sobre o teste e o hardware no pull request.

Provavelmente, a próxima tarefa desafiadora estará em adicionar o suporte à GPU no Linux, mas quando isso for feito, você deve ter um Apple M1 rodando Linux lisinho!

Animado com o suporte nativo da Apple M1 que vem para o Linux em breve?

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Ankush Das e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

5.13 Will be the First Linux Kernel With Initial Support for Apple M1 Device

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda