Como instalar um ambiente de desktop (GUI) no servidor Ubuntu

15 de maio de 2021

Você quer instalar a GUI no seu servidor Ubuntu? Você pode fazer totalmente isso na maioria dos cenários e eu vou discutir os passos em detalhes neste tutorial.

Mas antes de você ver isso, deixe-me dizer por que a edição do servidor não vem com GUI e em quais casos você poderia instalar a GUI no seu servidor.

Por que o Ubuntu Server não tem uma GUI?

Se você comparar o Desktop do Ubuntu com o servidor, a principal diferença será a ausência de GUI, isto é, o ambiente de desktop na edição do servidor. O Ubuntu Server é basicamente uma versão reduzida do Ubuntu Desktop sem os módulos gráficos.

Isso é intencional. Um servidor Linux pretende usar os recursos do sistema em serviços em execução. O ambiente de desktop gráfico consome muitos recursos do sistema e, por esse motivo, os sistemas operacionais do servidor não incluem um ambiente de desktop por padrão.

Você pode usar um servidor Ubuntu com 512 MB de RAM, mas um desktop Ubuntu precisará de pelo menos 2 GB de RAM para funcionar decentemente. Isso é considerado um desperdício de recursos no mundo do servidor.

Como usuário de servidor (ou sysadmin), espera-se que você use e gerencie seu sistema através da linha de comando. Você deve ter conhecimento decente dos comandos do Linux para esse fim.

Reinicialização do sistema obrigatório

Normalmente, você tem que gerenciar um servidor a partir da linha de comando

Você realmente precisa instalar a GUI no seu servidor?

Algumas pessoas não se sentem confortáveis com a ideia de fazer tudo usando comandos no terminal. A maioria das pessoas está condicionada a usar um computador graficamente.

Você pode optar por instalar um ambiente de desktop no seu servidor e usá-lo graficamente. Não é assim que a maioria das pessoas faz isso, mas é uma opção.

Mas isso funciona apenas se você tiver acesso direto ao servidor. Se você estiver executando em uma máquina física como um servidor, uma área de trabalho/laptop ou dispositivos como Raspberry Pi. Você também pode instalá-lo em um servidor em execução em uma máquina virtual se você tiver acesso direto ao sistema host.

Se você tiver um servidor implantado usando um provedor de servidores em nuvem como Linode, DigitalOcean ou AWS, a instalação da GUI não será uma boa ideia. Se você tiver um servidor remoto que deseja gerenciar graficamente, você pode usar ferramentas como Webmin ou Cockpit. Essas ferramentas permitem que você use e gerencie seus servidores graficamente em um navegador da Web. Consume muito menos recursos do sistema do que um ambiente de desktop completo.

Interface Cockpit

Ferramentas como a Cockpit permitem gerenciar servidores Linux graficamente

Como instalar a GUI no servidor Ubuntu?

Quando o básico estiver claro, vamos ver as etapas para instalar um ambiente de desktop em um servidor Ubuntu.

Você precisará do seguinte:

  • Ubuntu Server configurado e em execução com pelo menos 2 GB de RAM
  • Privilégios administrativos (você precisa executar comandos sudo)
  • Conexão com a Internet (você vai baixar e instalar novos pacotes)

No meu caso, o servidor Ubuntu é instalado em uma máquina virtual e eu tenho acesso direto à máquina host. Eu usei o mesmo método em um Ubuntu Server instalado em um Raspberry PI.

Atenção! Essas coisas são para fins experimentais quando você está aprendendo e explorando. Por favor, não adicione GUI em um servidor de produção. Remover a GUI depois poderia causar problemas de dependência e deixar um sistema quebrado em alguns casos.

Preparando seu sistema

Primeiro, já que você vai fazer algumas modificações em todo o sistema, vamos atualizar tudo para garantir que nosso sistema esteja executando os pacotes mais recentes:

Comandos para usar no terminal

sudo apt update && sudo apt upgrade

Instalando o ambiente da área de trabalho

Com as atualizações fora do caminho, você pode continuar com a instalação de um ambiente de desktop.

Existem duas maneiras de fazer isso:

  • Usando apt para instalar os pacotes
  • Usando uma ferramenta Debian chamada tasksel que ajuda com a instalação de vários pacotes em um processo coordenado (tarefas)

Qualquer um permitirá instalar o ambiente de desktop completo que você escolher como um pacote completo, assim como se você estivesse instalando a versão da área de trabalho do zero. Por isso, quero dizer que você receberá todos os aplicativos e ferramentas padrão que receberá com a versão da área de trabalho.

Se você quiser usar tasksel, você deve primeiro instalá-lo usando o seguinte comando:

Comandos para usar no terminal

sudo apt install tasksel

Depois que esta tarefa estiver concluída, você pode usar o tasksel para instalar o ambiente de desktop (também referido como DE).

Agora, você provavelmente sabe que existem vários ambientes de desktop disponíveis. Você pode escolher o que gosta. Alguns ambientes de desktop precisam de mais recursos do sistema (como GNOME) enquanto alguns usam menos recursos do sistema (como XFCE, Mate etc).

Cabe a você decidir qual gostaria de usar. Eu estou indo com o GNOME Desktop, já que é a área de trabalho padrão para o Ubuntu. Mais tarde, compartilharei algumas dicas para instalar diferentes desktops também.

Se você estiver usando tasksel Executar este comando:

Comandos para usar no terminal

sudo tasksel install ubuntu-desktop

Se você quiser usar apenas apt, execute este comando:

Comandos para usar no terminal

sudo apt install ubuntu-desktop

Dependendo da sua velocidade de conexão e hardware, este processo levará de alguns minutos a uma hora.

Quero apontar que ambas as ações resultarão na instalação completa do ambiente de desktop do GNOME. Eu rodei ambos comandos por causa deste tutorial e acabamos tendo exatamente os mesmos resultados.

Instalando e configurando o gerenciador de exibição

Após este processo ser concluído, você precisará de um componente chamado Display Manager, também conhecido como "Login Manager". Esta ferramenta será responsável por iniciar o servidor de exibição (display server) e carregar a área de trabalho enquanto gerencia sessões de usuário e autenticação.

Por padrão, o GNOME Desktop usa o GDM3 como seu gerenciador de exibição, mas é um pouco pesado quanto a recursos. Você pode usar algo mais leve e mais amigável. Nesse caso, vamos com LightDM, um gerenciador de exibição independente de plataforma. Instale-o com APT:

Comandos para usar no terminal

sudo apt install lightdm

Ao instalar o LightDM, o sistema solicitará um gerenciador de exibição padrão porque apenas um pode ser executado por vez, embora você possa ter vários instalados.

Instalando o Display Manager no Ubuntu Server

Use a tecla de seta para selecionar uma opção e, em seguida, use a tecla Tab para selecionar <OK> e pressione ENTER.

Basta escolher LightDM da lista e pressionar <OK>. Isso não deve levar mais de alguns minutos. Depois que esta tarefa é concluída, você pode iniciar o gerenciador de exibição e carregar a GUI com o seguinte comando:

Comandos para usar no terminal

sudo service lightdm start

Se você quiser verificar qual o gerenciador de exibição está configurado no seu sistema, você pode executar:

Comandos para usar no terminal

cat /etc/X11/default-display-manager

E você receberá um prompt semelhante a isso:

Instalando o padrão da GUI Ubuntu Server

Verificando o gerenciador de exibição padrão

Se tudo correu de acordo com o plano, você terá uma tela de saudação carregada.

Instalando GUI Ubuntu Server GNOME GNOME Desktop Greet

Tela de saudações do GNOME Desktop com lightdm em um servidor Ubuntu

Digite suas credenciais e você terá sua área de trabalho em execução.

Instalando Gui Ubuntu Server GNOME Desktop

Desktop GNOME totalmente carregado no Ubutnu Server

Se você quiser desligar a GUI, abra uma janela de terminal e digite:

Comandos para usar no terminal

sudo service lightdm stop

Instalando outros ambientes de desktop (opcional)

Antes falei que poderíamos escolher diferentes desktops, então vamos dar uma olhada em algumas alternativas.

Mate

Mate é um desktop leve com base no código base GNOME2, é totalmente aberto e uma opção muito boa.

Para instalar o Mate, você rodaria:

Comandos para usar no terminal

sudo tasksel install ubuntu-mate-core

ou

Comandos para usar no terminal

sudo apt install ubuntu-mate-core

Lubuntu/LXDE/LXQT

Lubuntu é outra opção leve que eu recomendo se o seu sistema estiver baixo em recursos ou se você estiver dando nova vida a um computador mais antigo. Instale-o usando este comando:

Comandos para usar no terminal

sudo tasksel install lubuntu-core

ou

Comandos para usar no terminal

sudo apt install lubuntu-core

Xubuntu/Xfce

Xubuntu é um derivado do Ubuntu baseado no ambiente de desktop Xfce que é leve, simples, estável, mas também é altamente personalizável. Se você quiser experimentá-lo, use o seguinte comando:

Comandos para usar no terminal

sudo tasksel install xubuntu-core

ou

Comandos para usar no terminal

sudo apt install xubuntu-core

Estou deixando alguns outros desktops de fora, como KDE, Cinnamon, e Budgie. Eles são todos excelentes desktops também e você é livre para instalá-los como você quiser.

Como remover a GUI do Ubuntu Server?

Se você perceber que o ambiente de desktop está tomando muitos recursos de computação, você pode remover os pacotes que você instalou anteriormente.

Por favor, tenha em mente que pode causar problemas de dependência em alguns casos, então faça um backup de seus dados importantes ou crie um instantâneo do sistema.

Você sabe como remover pacotes do Ubuntu:

Comandos para usar no terminal

sudo apt remove ubuntu-desktop sudo apt remove lightdm sudo apt autoremove sudo service lightdm stop

Reinicie seu sistema agora. Você deve estar de volta ao login normal da linha de comando.

Conclusão

Instalar uma GUI para uma área de trabalho é possível, mas não necessária na maioria dos cenários. Se você não estiver muito confortável com a linha de comando, use uma distribuição de servidor como YunoHost que é construída com base no Debian para fornecer um servidor que pode ser gerenciado via GUI.

Dito isto, se você estiver instalando um sistema a partir do zero, eu recomendo que você vá com uma versão desktop e evite os passos extras depois.

Com esta informação, deixo a seção de comentários para você. Você usa a GUI em um servidor? Você enfrentou algum problema ao seguir este tutorial?

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Chris Patrick Carias Stas e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

How to install a Desktop Environment (GUI) on Ubuntu Server

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda