A versão 0.9 do Flameshot traz menu de atalho global, uploads mais recentes, suporte a JPEG e muito mais

1 de março de 2021

Flameshot é um dos meus programas do dia a dia que utilizo para fazer capturas de tela. Você também pode encontrar meu guia para usar o Flameshot no Linux se quiser instalá-lo e configurá-lo para usá-lo.

Agora, com a nova versão 0.9 do Flameshot, está melhor do que nunca!

Ao contrário do Shutter e Ksnip, que recebeu algumas atualizações importantes recentemente, Flameshot 0.9 não inclui grandes mudanças, mas algumas mudanças úteis.

Deixe-me destacar as principais mudanças com este lançamento.

Flameshot 0.9: Principais mudanças

A adição mais útil para meu caso de uso é o menu de atalho global. Você pode ver todas as teclas de atalho rapidamente, e também é totalmente personalizável ao seu gosto.

Acho isso extremamente útil porque me pouparia muito tempo para ter minhas preferências e atalhos para a tarefa que desejo realizar.

Não se limita apenas aos atalhos, mas também obtém uma seção separada para encontrar seus “Últimos uploads “.

Isso está relacionado à capacidade de enviar capturas de tela diretamente para Imgur sem a necessidade de uma conta para isso.

Antes da atualização, quando você fazia o upload de uma captura de tela, o link Imgur era copiado automaticamente para a sua área de transferência. Mas, se você enviar outra captura de tela, perdia o link anterior, a menos que tenha um gerenciador de área de transferência como CopyQ.

Agora, com a seção Últimos uploads, você pode ver todos os seus uploads recentes e encontrar os links para eles também. Muito útil, eu acho!

Não apenas limitado a essas duas adições de recursos úteis, você pode finalmente alterar o formato da imagem de sua captura de tela para JPEG em vez de PNG se quiser economizar espaço em disco e não se importar com a perda potencial de qualidade (especialmente ao tentar dimensionar as imagens).

Além desses novos recursos, eles também adicionaram suporte oficial para MacOS. É sempre bom ver mais ferramentas focadas em Linux abrindo caminho como uma solução multiplataforma.

Outras melhorias

Se você estiver usando no GNOME com Wayland como o Display Server, você notará um suporte aprimorado para ele.

Algumas outras melhorias notáveis mencionadas nas notas de lançamento incluem:

  • Capacidade de fazer seleções “simétricas” mantendo pressionada a tecla Shift enquanto redimensiona a seleção.
  • A ferramenta retângulo agora arredondará os cantos dos retângulos com base na espessura atual
  • Adicionado o recurso “verificar se há novos lançamentos”. Isso permite que os usuários em MacOS/Windows/e AppImages verifiquem facilmente se há versões atualizadas.

Para saber mais sobre as mudanças detalhadas e correções de bugs, você pode consultar sua seção de lançamentos do GitHub.

O que você acha das últimas melhorias no Flameshot? É sua ferramenta de captura de tela favorita para Linux? Deixe-me saber sua opinião nos comentários abaixo.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Ankush Das e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

Flameshot 0.9 Release Brings in Global Shortcut Menu, Latest Uploads, JPEG Support, and More

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda