Chega de Microsoft! Este estado alemão planeja trocar 25.000 PCs Windows para Linux e LibreOffice

22 de novembro de 2021

Schleswig-Holstein é o estado mais ao norte da Alemanha que planeja mudar para soluções de código aberto em sua administração e escolas.

E não se trata de alguns sistemas; de acordo com o relatório da The Document Foundation, todos os 25.000 PCs associados à administração e à escola serão migrados do Windows para o Linux.

Não apenas limitado a isso, a mudança também envolve substituir o Microsoft Office pelo LibreOffice.

O ministro digital, Jan Philipp Albrecht, compartilhou mais detalhes em uma entrevista a um jornal local.

Focando na transição para o LibreOffice

The Document Foundation foi convidada para uma reunião para discutir a integração do LibreOffice

O plano de confiar em mais de uma solução de código aberto é um passo maciço para promover o FOSS.

E, considerando a transição para o LibreOffice ao desistir do Office da Microsoft, o Estado alemão acabará integrando o uso do FOSS durante a maior parte de seu trabalho.

LibreOffice tem sido uma ótima alternativa gratuita e de código aberto ao Microsoft Office. Mesmo que ainda deixe a desejar alguns cenários, muitos usuários nem sequer deram uma chance, temendo que isso quebrasse seu fluxo de trabalho com documentos/folhas.

Mas, agora que será usado em escolas e administração governamental, mais usuários poderão experimentar o que ele oferece e como ele pode substituir o Microsoft Office.

Mudando para ferramentas de código aberto

Eles estão prontos para adotar ferramentas e soluções de código aberto para tudo que for possível. Por exemplo, eles têm planos de alimentar sua infraestrutura em nuvem.

E isso não é uma preferência totalmente nova para eles. O ministro digital também compartilhou detalhes sobre como eles ampliaram sua rede de videoconferência usando um sistema de código aberto baseado no Jitsi.

Caso você não saiba, Jitsi é uma das ferramentas de videoconferência de código aberto mais populares.

Auf Wiedersehen (Adeus) Microsoft!

A Microsoft é, sem dúvida, uma força dominante globalmente para seus produtos de software, incluindo o pacote Office e o próprio Windows.

Entusiastas da privacidade e apreciadores do FOSS têm usado o Linux e outros produtos para lutar contra um monopólio e tornar as soluções de código aberto uma alternativa viável por um longo tempo.

No entanto, com um modelo de código aberto sendo escolhido como prioridade pelos governos, deve influenciar consideravelmente as pessoas no poder a adotar a código aberto.

Muitos usuários têm a liberdade e não têm que depender de produtos específicos de fornecedor, como o da Microsoft.

Deja vu!

Alguns leitores podem se lembrar do desastre de Munique. A cidade alemã de Munique mudou para sua distribuição personalizada LiMux do Windows por vários anos. Conseguiu salvar milhões de euros. No entanto, eles voltaram com o Windows e sua decisão coincidiu com a abertura da sede regional da Microsoft em Munique. Isso resultou numa onda de alegações, apesar do então prefeito Dieter Reiter negar tal coincidência.

Só o tempo dirá quando a migração acontecera e se eles vão ficar com o Linux. Uma transição bem sucedida pode influenciar outros órgãos governamentais a tomar uma decisão semelhante.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Ankush Das e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

No More Microsoft! This German State Plans to Switch 25,000 Windows PCs to Linux and LibreOffice

Propaganda
Propaganda