A Dell está adicionando interruptores de webcam e microfone no kernel do Linux

6 de novembro de 2020

A Dell está adicionando um novo código no kernel Linux que permitirá que você desative a webcam e o microfone do sistema Dell mais recente com atalhos de teclado. Por quê? Privacidade.

A privacidade não é mais um luxo. Tornou-se a necessidade básica.

Dispositivos de nicho voltados para a privacidade, como a série Librem notebook, oferecem interruptores de hardware para bloquear webcam, microfone, Bluetooth e Wi-Fi.

A Dell também fornecerá interruptores para desligamento de hardware em 2021 na forma de combinação de teclado. Ela está implementando a chave "kill" no nível do kernel e, portanto, permitindo que você desabilite a webcam e o microfone com atalho de teclado.

Dell está adicionando driver de privacidade de hardware ao kernel Linux

Drivers de privacidade da Dell

Em um patch para o kernel do Linux, a Dell explicou seu driver de privacidade que protege a privacidade do áudio e câmera do usuário no nível de hardware. Uma vez que o modo de privacidade de áudio ou câmera seja habilitado, nenhum aplicativo obterá fluxo de áudio ou vídeo.

Com a tecla de atalho Ctrl + F4, o modo de privacidade de áudio será habilitado e a tecla de atalho para cortar a câmera é Ctrl + F9.

Por que isso é importante? O Linux é tão inseguro que qualquer pessoa pode usar sua webcam remotamente?

Essa é a pergunta óbvia e eu gostaria de esclarecer algumas coisas sobre este tópico. Vivemos em um mundo conectado usando extensivamente à Internet por meio de uma série de aplicativos.

Embora seu sistema operacional possa ser seguro no núcleo, pode haver algum nível de invasão no nível do aplicativo. Extensões do navegador estão sendo usadas para roubar dados. Imagine uma extensão de navegador desonesta com acesso à sua webcam ou microfone?

É por isso que intervir no acesso à webcam, microfone, etc. no nível do hardware é a melhor opção. Os novos drivers de privacidade da Dell fornecem esse recurso.

Como Phoronix observou, também há indicação de que a Dell está trabalhando na 'tela de privacidade' sob o driver de privacidade. A tela de privacidade reduz os ângulos de visão horizontal/vertical da tela para que os curiosos não possam ver claramente o conteúdo da tela.

Quando o Dell Privacy Driver estará disponível? Será para todos?

Não há um cronograma por enquanto, pois as coisas estão em desenvolvimento. Lembre-se de que esta é uma solução específica da Dell e eles a apresentarão em seus modelos mais novos em 2021.

Embora eu ache que deveria estar disponível para qualquer dispositivo Dell porque está incluído no kernel do Linux, mas não posso confirmar isso.

E se você quiser garantir sua privacidade agora?

Se você ficou intrigado e deseja garantir sua privacidade desativando a webcam, o microfone, a tela, etc., não precisa necessariamente comprar novas máquinas Dell. Existem acessórios adicionais disponíveis que o ajudam nesse sentido.

Para webcams, você pode usar acessórios externos como um bloqueador de webcam com controle deslizante. Eu tenho um da Free Software Foundation quando optei por sua associação anual. Você pode facilmente solicitar um na Amazon ou em outros sites de comércio eletrônico em seu país.

Existem dispositivos semelhantes para bloquear microfones também. Eu nunca os usei, então NÃO POSSO garantir sua eficácia.

Você também pode usar filtros de tela de privacidade que desabilitam ângulos de visão para que as pessoas não possam espiar o que você está fazendo em seu laptop em público lugares como cafés, aeroportos, etc. Tenho visto pessoas usando-o em conferências de tecnologia e funciona muito bem.

No geral, é bom ver que grandes fabricantes como a Dell estão levando a privacidade a sério. Esperemos que mais fabricantes também sigam o exemplo.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Abhishek Prakash e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

Dell is Adding Webcam and Microphone Kill Switches in Linux Kernel

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda