O diretório inicial será privado no Ubuntu 21.04. O que isso significa?

14 de janeiro de 2021

O desenvolvimento do Ubuntu 21.04 está em andamento para sua versão estável em 22 de abril de 2021. Uma das mudanças propostas no Ubuntu 21.04 é tornar os diretórios pessoais dos usuários privados.

Diretórios pessoais privados? O que isso significa?

Espero que você esteja ciente sobre o que são permissões de arquivo. Se não, escrevi um guia detalhado e fácil de entender para permissão de arquivos do Linux e sugiro que você leia isso.

A maioria das pessoas provavelmente nunca percebeu, mas o diretório inicial do Ubuntu tem a permissão 755, ou seja, rwxr-xr-x.

Permissão do diretório inicial do Ubuntu

O que significa que se houver vários usuários no mesmo sistema Ubuntu, eles podem entrar no diretório inicial de outros usuários e ler os arquivos armazenados nele. Eles não podem modificar esses arquivos ou executá-los, no entanto.

Acho que essa é a prática comum em muitas distribuições Linux, pois permite compartilhar arquivos facilmente entre usuários no mesmo sistema Linux, especialmente em um ambiente de servidor.

Se essa era a prática usual até agora, por que mudar agora?

Tornar o diretório pessoal privado adiciona uma camada de segurança

Como Alex Murray, da Canonical, aponta no anúncio, no ambiente de nuvem e servidor, geralmente, há uma conta de administrador e várias contas de usuários.

Em um caso raro, se a conta do usuário for comprometida, o invasor pode acessar facilmente dados confidenciais dos diretórios pessoais de outros usuários e das contas de administrador.

Esta é a razão pela qual os diretórios pessoais no Ubuntu 21.04 terão permissão 750 em vez de 755.

Isso significa que outros usuários no mesmo sistema não podem entrar nos diretórios pessoais de outros usuários ou acessar e ler seus arquivos. Nos casos em que um conjunto de usuários foi criado como parte do mesmo grupo padrão, eles ainda podem acessar os diretórios pessoais. Por padrão, no Ubuntu, cada usuário tem seu próprio grupo padrão com o mesmo nome do nome de usuário.

Não afetará os usuários que atualizam para o Ubuntu 21.04 a partir de versões anteriores

Esta mudança não o incomodará se você estiver atualizando para o Ubuntu 21.04 a partir de 20.10. É aplicável apenas a novas instalações do Ubuntu. A mudança será testada antes do próximo lançamento do LTS em 2022.

Também há o problema do comando useradd e adduser neste estágio. A nova regra será respeitada pelo comando adduser, mas pode não ser o caso com o comando useradd.

Você pode seguir o tópico de discussão para obter mais detalhes sobre essa mudança.

Use a seção de comentários para expressar sua opinião e preocupação sobre este tópico.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Abhishek e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

The Home Directory Will be Private in Ubuntu 21.04, What Does it Mean?

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda