Não é possível adicionar erro PPA no Ubuntu e Linux Mint

29 de outubro de 2020

Um leitor regular de It’s FOSS, Chetan Jain me contatou hoje com esta pergunta: Como posso corrigir Não é possível adicionar erro de PPA no Ubuntu. Chetan estava tentando instalar TLP (ferramenta de gerenciamento de energia para reduzir superaquecimento) e encontrou este erro:

[email protected]: ~ $ sudo add-apt-repository ppa: linrunner/tlp Não é possível adicionar PPA: ‘ppa: linrunner/tlp’. Verifique se o nome ou formato do PPA está correto.

Se você encontrar um erro semelhante ao adicionar um PPA no Ubuntu ou Linux Mint, não se preocupe. É um dos problemas (menos) comuns com o PPA e pode ser resolvido facilmente.

Altamente recomendado

Recomendo fortemente a leitura deste artigo detalhado sobre o que é PPA, por que é usado, como funciona. Isso lhe dará uma melhor compreensão do PPA.

Correção Não é possível adicionar erro de PPA no Ubuntu e Linux Mint

! [Não é possível adicionar PPA Ubuntu 14.04](PPA_Error_Ubuntu.webp) Não é possível adicionar PPA Ubuntu 14.04 Esse tipo de erro pode ter duas razões. Os certificados CA do seu sistema estão corrompidos ou há um proxy configurado na rede.

Vamos primeiro tentar reinstalar os certificados CA:

Comandos para usar no terminal

sudo apt-get install --reinstall ca-certificates

Se o comando acima não funcionar, talvez haja configurações de proxy envolvidas. Para passar as configurações de proxy para o sudo, use-o com a opção E da seguinte maneira:

Comandos para usar no terminal

sudo -E add-apt-repository ppa:linrunner/tlp

Isso fará com que o PPA funcione. O problema de Chetan foi resolvido com a segunda solução. Espero que esta dica rápida ajude você também a se livrar do erro PPA. Quaisquer dúvidas ou sugestões são sempre bem-vindas.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Abhishek Prakash e publicado no site itsfoss.com. Tradução sujeita a revisão.

Fix “Cannot Add PPA” Error in Ubuntu & Linux Mint

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda