Adivinhe quem mais contribuiu para o desenvolvimento do kernel 5.10 do Linux? Huawei (e Intel)

5 de janeiro de 2021

Há alguns anos, a Intel lidera o ranking de contribuição de código para o desenvolvimento do Linux Kernel pelo número changeset ou pelo número de linhas alteradas.

De acordo com as estatísticas mais recentes relatadas no LWN.net, a Intel está no topo da tabela como um dos empregadores mais ativos para o ciclo de desenvolvimento do Linux Kernel 5.10 LTS.

A contribuição da Intel não é nada fora do comum. É a Huawei a surpresa aqui.

Com a Intel, a Huawei também é conhecida por ter feito grandes contribuições consistentes ao código do kernel recentemente. Ela atingiu um novo marco com o Linux Kernel 5.10.

Huawei foi a que mais contribuiu com o número de changesets. A Intel foi a que mais contribuiu com o número de linhas alteradas.

Estatísticas do Ciclo de Desenvolvimento do Kernel 5.10

De acordo com as estatísticas publicadas por Jonathan Corbet em LWN.net, muita coisa aconteceu ao longo do ciclo de desenvolvimento do Linux Kernel 5.10.

Claro, se você estiver interessado em saber todos os detalhes, você pode querer ler o relatório original, mas o principal destaque seria a contribuição feita por grandes empresas (ou os empregadores de desenvolvedores trabalhando no desenvolvimento do kernel).

Intel e Huawei Technologies estão entre os 2 principais contribuidores aqui. Para ser mais específico, a contribuição dos desenvolvedores que trabalham para a Intel é 12,6% (com 96976 linhas alteradas) e 8,0% pelo número de changesets.

Para desenvolvedores que trabalham para a Huawei, eles fizeram uma contribuição significativa de 8,9% (com 1434 conjuntos de alterações) e 5,3% (com 41049 linhas alteradas).

Claro, essa é uma boa reputação para os empregadores e também diz muito sobre as empresas que estão se esforçando para o desenvolvimento do kernel Linux, o que é sempre bom.

Você também pode notar muitas empresas importantes contribuindo, como SUSE, AMD, NVIDIA, Google, IBM, Samsung e Red Hat, entre outras.

Mesmo que Linux Kernel 5.10 fosse uma versão LTS, o ano de 2020 foi difícil para muitas pessoas, incluindo alguns mantenedores do Kernel com problemas de saúde. No entanto, no geral, o ciclo de desenvolvimento do kernel fez um bom progresso no ano passado, junto com um monte de melhorias chegando às próximas versões do kernel este ano.

Por que a Huawei está contribuindo mais para o kernel do Linux?

A Huawei tem vários produtos e serviços que dependem fortemente do Linux. Seus smartphones que usavam Android e seu novo sistema operacional móvel, Harmony, é provavelmente um Android renovado e, portanto, baseado no Linux.

Além disso, a Huawei também oferece Huawei Cloud com serviços para competir com empresas como AWS e Google Cloud. Obviamente, ela precisa personalizar o kernel Linux para alimentar sua infraestrutura de nuvem.

A Huawei também revelou sua própria distribuição Linux openEuler no ano passado.

Devido a seus laços estreitos com o Partido Comunista Chinês (PCC), atividades suspeitas e acusações de espionagem, a Huawei se tornou uma pária no mundo da tecnologia hoje.

O desaparecimento do CEO da Alibaba, Jack Ma é um exemplo de que as empresas chinesas têm que seguir os limites estabelecidos pelo evento CCP ao custo de perder negócios no exterior.

Sua opinião sobre este assunto é bem-vinda. Use a seção de comentários para compartilhar suas idéias.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Ankush Das e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

Guess Who Contributed the Most to Linux Kernel 5.10 Development? It’s Huawei (and Intel)

Propaganda
Propaganda