Greek Town Livadeia lança o Microsoft Office para o LibreOffice

16 de dezembro de 2016

! [Cidade grega deixa o MS Office](greek_libreOffice.webp) Cidade grega deixa o MS Office

A Grécia é notícia por razões infelizes relacionadas ao FMI e à UE atualmente. Mas há boas notícias vindas da Grécia para os entusiastas do código aberto. A administração da cidade grega Livadeia decidiu se livrar do Microsoft Office para o LibreOffice alternativo de código aberto.

Essa mudança para o LibreOffice foi anunciada em maio deste ano como parte do plano de modernização do governo da cidade. Outras partes desse plano de modernização incluem a atualização do site do Município para WordPress (um CMS de código aberto, It’s FOSS também é desenvolvido em WordPress) para torná-lo mais amigável. Também inclui um novo sistema de gerenciamento eletrônico para abrir novas solicitações e rastrear seu status online. A cobertura ao vivo das reuniões da Câmara Municipal também faz parte desse plano de modernização.

A opção por produtos gratuitos e de código aberto tem sido uma tendência crescente nas cidades europeias há cerca de um ano. A administração de várias cidades italiano, espanhol, francês, alemão e suíça abandonou software de propriedade como o MS Office para substituí-lo pelo LibreOffice ou OpenOffice. O corte de custos é um fator importante em tempos de desaceleração econômica. Algumas cidades economizaram até um milhão de euros apenas optando por um escritório de código aberto.

E não são apenas as administrações municipais que estão ficando loucas com o código aberto. Poucas universidades também estão tentando se livrar do software proprietário em favor de alternativas de código aberto. A Universidade Francesa que abandonou o Adobe Photoshop é um dos vários exemplos.

Leia o anúncio oficial (em grego) aqui.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Abhishek Prakash e publicado no site itsfoss.com. Tradução sujeita a revisão.

Greek Town Livadeia Kicks Out Microsoft Office For LibreOffice

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda