Tudo que você precisa saber sobre o CentOS Stream

22 de maio de 2021

Recentemente, CentOS foi morto, ele existia como uma recompilação do Red Hat Enterprise Linux (RHEL). Você ainda encontrará disponível o Centos Linux versões 8 e 7, mas seu suporte terminará no final de 2021 e 2024 (atualizações de manutenção), respectivamente.

CentOS Stream substituirá completamente o CentOS Linux como o conhecemos. Mas o que é isso? É destinado a substituir completamente o CentOS? É confiável o suficiente?

Neste artigo, discutiremos tudo o que você precisa saber sobre o CentOS Stream.

O que é CentOS Stream?

CentOS Stream

Ao contrário do CentOS Linux, CentOS Stream foi introduzido como uma versão à frente do Red Hat Enterprise Linux (RHEL). E não é uma distribuição de lançamento contínuo.

Centos Stream é uma versão de desenvolvimento do RHEL.

Para mais clareza sobre como o CentOS Stream é desenvolvido, eu recomendo que você leia um dos posts oficiais sobre lançamentos contínuos do CentOS.

Claro, o Fedora é ainda outra distro com uma versão à frente, mas CentOS foi posicionado entre RHEL e Fedora Linux.

Com CentOS Stream, os membros da comunidade dos CentOS podem ter um potencial maior para influenciar o desenvolvimento de RHEL.

Considerando que CentOS Stream é uma distribuição que fica apenas à frente de RHEL, qualquer mudança significativa no Fedora deve refletir no CentOS Strean enquanto RHEL seria a próxima etapa.

Quais problemas o CentOS Stream resolve?

Como você sabe, que o desenvolvimento de RHEL está fechado dentro da própria Red Hat.

Sendo algo que suporta um ecossistema de código aberto, existia uma lacuna de contribuição aberta para os desenvolvedores e a comunidade para influenciar ou contribuir para o desenvolvimento do Red Hat Enterprise Linux.

Por essa razão, o Centos Stream foi introduzido como uma versão de pré-visualização do RHEL ou você poderia chamá-lo como uma compilação de desenvolvimento de RHEL.

CentOS Stream destina-se a preencher a lacuna e deixar a comunidade contribuir e ter uma voz na direção do desenvolvimento para RHEL.

Claro, olhando para ele de uma perspectiva de negócios, o CentOS Stream visa incentivar as assinaturas do RHEL, mas não vamos ignorar a facilidade de contribuição para o desenvolvimento do RHEL através do CentOS Stream.

Além dessa resolução, o CentOS Stream também tenta fornecer uma versão mais estável de visualização do RHEL. De acordo com um de seus posts oficiais no blog, eles mencionaram que as compilações noturnas do RHEL são atualizações para o CentOS Stream, e tentam garantir uma melhor estabilidade todos os dias com o CentOS Stream.

E isso é uma coisa boa para as pessoas que querem testar as próximas mudanças em RHEL.

É destinado a substituir CentOS Linux?

Não.

CentOS Linux foi uma recompilação do RHEL, ou seja, uma edição comunitária do RHEL.

Mas, CentOS Stream é uma versão de desenvolvimento do RHEL, que incluirá as próximas mudanças e as adições que são destinadas a RHEL.

Assim, o CentOS Stream é mais adequado para pessoas que querem testar seus servidores para serem à prova do futuro (prontos para o RHEL) e potencialmente para os usuários do CentOS Linux considerando que a compilação é estável o suficiente de acordo com seus requisitos.

No entanto, é interessante notar que, para alguns, ele pode substituir CentOS Linux considerando que não é tecnicamente lançamento contínuo.

E, se você é alguém que não quer tentar, sinta-se à vontade para experimentar as alternativas ao CentOS disponíveis.

Migrar do CentOS 8 para CentOS Stream

Felizmente, não é tão difícil atualizar seu sistema CentOS para CentOS Stream. A equipe do CentOS oferece uma ferramenta para automatizar a remoção dos repositórios do CentOS e adicionar os repositórios do CentOS Stream.

É sempre recomendado ter um backup do seu servidor antes de migrar ou atualizar seu sistema.

Você deveria fazer isso? Isso depende inteiramente do que você acha do CentOS Stream ao ler sobre isso neste artigo.

Migrar de CentOS para Red Hat Enterprise Linux

Depois de ter uma folga para a interrupção súbita da CentOS 8, a Red Hat anunciou que irá dar até 16 licenças RHEL gratuitamente para qualquer usuário. O suporte técnico da Red Hat não está incluído nesta oferta.

Se você quiser aproveitar essa oferta, você pode criar uma conta para o RHEL sem custo. Depois, você pode seguir este guia para converter seu CentOS para RHEL.

Pensamentos finais

Pessoalmente, eu tenho sentimentos mistos sobre CentOS Stream. Sim, é realmente algo que melhora o desenvolvimento do RHEL, mas é um substituto para o CentOS Linux? Acho que não.

Sim, ele vai incentivar assinaturas RHEL com certeza e se você estiver interessado em moldar-se o desenvolvimento do RHEL, CentOS Stream ser uma boa opção para você.

O que você acha do CentOS Stream? Deixe-me saber seus pensamentos nos comentários abaixo.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Ankush Das e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

Everything You Need to Know About CentOS Stream

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda