O que é Arch User Repository (AUR)? Como usar o AUR no Arch e Manjaro Linux?

18 de setembro de 2020

Se você tem usado o Arch Linux ou outras distribuições baseadas no Arch, como Manjaro, você pode ter encontrado o termo AUR. Você tenta instalar um novo software e alguém sugere que instale-o a partir do AUR. Isso o deixa confuso.

O que é este AUR? Por que é usado? Como usar o AUR? Vou responder a essas perguntas neste artigo.

O que é Aur no Arch Linux?

O que é AUR?

AUR significa Arch User Repository. É um repositório dirigido pela comunidade para usuários de distribuições Linux baseadas em Arch. Ele contém descrições de pacotes chamados PKGBUILDs que permitem que você compile um pacote da fonte com makepkg e instale-o via pacman (gerenciador de pacotes no Arch Linux).

O AUR foi criado para organizar e compartilhar novos pacotes da comunidade e ajudar a acelerar a inclusão de pacotes populares no repositório da comunidade.

Um bom número de novos pacotes que entram nos repositórios oficiais começam no AUR. No AUR, os usuários podem contribuir com suas próprias compilações de pacotes (PKGBUILD e arquivos relacionados).

A comunidade AUR pode votar em pacotes no AUR. Se um pacote se tornar popular o suficiente - desde que tenha uma licença compatível e uma boa técnica de empacotamento - ele pode ser inserido no repositório da comunidade diretamente acessível pelo pacman.

Resumindo, AUR é a forma que os desenvolvedores usam para disponibilizar novos softwares para usuários do Arch Linux antes que o software seja oficialmente incluído nos repositórios do Arch.

Você deve usar AUR? Qual é o risco envolvido?

Usar o AUR é como atravessar a rua. Se você continuar com cuidado, ficará bem.

Se você é novo no Linux, é aconselhável não usar o AUR até que você tenha um conhecimento básico sobre Arch/Manjaro e Linux em geral.

É verdade que qualquer pessoa pode fazer upload de pacotes para o AUR, mas os Usuários confiáveis (TUs) são encarregados de ficar de olho no que é carregado. Embora os TUs executem o controle de qualidade dos pacotes carregados, não há garantia de que os pacotes no AUR sejam bem formados ou não maliciosos.

Na prática, o AUR parece ser bastante seguro, mas em teoria pode causar alguns danos, mas apenas se você não tomar cuidado. Um usuário inteligente do Arch sempre inspeciona arquivos PKGBUILDs e *.install ao construir pacotes do AUR.

Além disso, os TUs (usuários confiáveis) também removem pacotes no AUR que estão incluídos em core/extra/community para que não haja conflitos de nomenclatura entre eles. O AUR geralmente contém versões de desenvolvimento de pacotes (cvs/svn/git/etc), mas eles terão nomes modificados como foo-git.

Quanto aos pacotes AUR, o pacman lida com a resolução de dependências e detecta conflitos de arquivos para que você nunca tenha que se preocupar em sobrescrever arquivos em um pacote com arquivos de outro pacote, a menos que use a opção “–force” por padrão. Se você fizer isso, provavelmente terá problemas mais sérios do que conflitos de arquivos.

Como usar o AUR?

A maneira mais simples de usar o AUR é por meio de um auxiliar AUR. Um auxiliar AUR é uma ferramenta de linha de comando (algumas também possuem GUI) que permite pesquisar pacotes publicados no AUR e instalá-los.

Instalando um auxiliar AUR no Arch Linux

Digamos que você queira usar o Yay AUR helper. Certifique-se de ter git instalado no Linux. E então clone o repositório, vá para o diretório e compile o pacote.

Use estes comandos um por um para isso:

Comandos para usar no terminal

sudo pacman -S git

git clone https://aur.archlinux.org/yay.git

cd yay

makepkg -si

Uma vez instalado, você pode usar o comando yay como este para instalar um pacote:

Comandos para usar no terminal

yay -S package_name

Não é que você deve usar o ajudante AUR para instalar pacotes do AUR. Veja a próxima seção para ver como usar o AUR sem o auxiliar AUR.

Instalando pacotes AUR sem auxiliares AUR

Se não quiser usar o auxiliar AUR, você também pode instalar pacotes do AUR por conta própria.

Assim que encontrar o pacote que deseja instalar na página AUR, é aconselhável confirmar “Licença”, “Popularidade”, “Última atualização”, “Dependências” e assim por diante como uma etapa extra de controle de qualidade.

Comandos para usar no terminal

git clone [URL_do_pacote]

cd [nome_do_pacote]

makepkg -si

Por exemplo. digamos que você deseja instalar o pacote do Telegram desktop:

Comandos para usar no terminal

git clone https://aur.archlinux.org/telegram-desktop-git.git

cd telegram-desktop-git

makepkg -si

Habilitando o suporte AUR no Manjaro Linux

O AUR não está habilitado por padrão e você deve habilitá-lo por meio do pamac. Meu laptop executa Manjaro Cinnamon, mas as etapas são as mesmas para todos os sabores de Manjaro.

Abra o Pamac (listado como Adicionar/Remover Software):

Acessar Pamac em Manjaro Cinnamon

Quando estiver em pamac, vá para as preferências como mostrado abaixo.

Habilitando AUR no Manjaro Linux

Na caixa de diálogo de preferências, vá para a guia AUR, habilite o suporte AUR, habilite a verificação de atualizações e feche a caixa de diálogo.

Habilitando AUR no Manjaro Linux

Agora você pode pesquisar pacotes e aqueles que pertencem ao AUR podem ser identificados pela tag nas descrições dos pacotes.

AUR especificado no Pamac no Manjaro Linux

AUR é um dos muitos motivos pelos quais as pessoas amam o Arch Linux e você pode ver por que é tão popular.

Espero que você ache este artigo útil e fique de olho nas mídias sociais para os próximos tópicos relacionados ao Arch.

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Dimitrios Savvopoulos e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

What is Arch User Repository (AUR)? How to Use AUR on Arch and Manjaro Linux?

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda