Ferramenta popular de código aberto Audacity chamando a atenção, mas pelos motivos errados

6 de julho de 2021

Audacity é um editor de áudio popular, gratuito e de código aberto.

Muse Group recentemente adquiriu Audacity. No caso de você não saber, eles são popularmente conhecidos pelo software de notação de música de código aberto, Musescore.

Embora isso seja uma coisa boa considerando o crescimento futuro da Audacity com todos os recursos estendidos após a aquisição, isso está se tornando um pesadelo. Por quê?

Depois que o grupo Muse comprou o Audacity, eles conseguiram desencadear várias controvérsias. Para colocá-lo em uma linha do tempo organizada, aqui está o que aconteceu:

  • Foi proposta a adição de novos recursos de telemetria que potencialmente violam a privacidade e depois deixaram de lado o plano após a reação.
  • Introduziram um acordo de licença de colaborador (CLA) como uma das etapas para alterar a licença
  • Atualizaram a Política de Privacidade para o aplicativo de desktop e, em seguida, tentaram corrigi-lo após a reação.

Aqui está o que aconteceu: visão geral

Como uma das ferramentas de edição de áudio mais práticas para iniciantes e profissionais, a Audacity é algo importante para os usuários e a comunidade de código aberto.

Embora a adição da telemetria possa ter sido uma decisão de negócios ruim, introduzir um CLA e atualizar a política de privacidade que incentiva venda de dados levou as coisas para outro nível.

Tanto quanto sei, um CLA pode dar direitos ao mantenedor do projeto para reutilizar/relicenciar o trabalho de um contribuinte e usá-lo em um software fechado.

Oficialmente, eles esclarecem que isso vai acelerar o desenvolvimento do Audacity. Mas muitos dos contribuintes não parecem concordar com isso e sugerem maneiras melhores de monetizar o Audacity, se esse é o objetivo do grupo Muse.

Vamos assumir por um momento que os contribuintes concordam com isso (eles não concordam), a última política de privacidade para o aplicativo de desktop Audacity torna as coisas piores.

Para lhe dar uma visão geral, aqui está o que aconteceu com a Política de Privacidade para o aplicativo Desktop:

Para um software, as práticas de coleta de dados podem variar dependendo do que querem saber para melhorar seu produto.

Mas com quem eles compartilham os dados é mais importante.

E de acordo com a última atualização para sua Política de Privacidade em 2 de julho, 2021, dados pessoais coletados podem ser compartilhados para um "potencial comprador" e "assessores" ou agentes semelhantes.

Isso introduz o fato de que eles podem compartilhar seus dados pessoais com terceiros.

Não apenas limitado a isso, eles também acrescentaram uma restrição de que este software não é destinado a indivíduos abaixo de 13 anos de idade (crianças). Eu não vejo nenhum motivo para isso.

Além disso, viola a licença GPL, que não deve impedir o uso do software.

Há mais instâncias sobre quão ruim a política de privacidade é: ela menciona que eles vão guardar seu endereço IP por um dia e, em seguida, para o armazenamento.

Então, seu endereço IP será rastreado mesmo se você estiver usando um editor de áudio off-line. Isso é necessário?

De fato, eles oficialmente esclareceram que estarão fazendo mudanças nela por causa de "palavras na política de privacidade" que podem ter levado à confusão. Bem, eu me pergunto o que eles estavam pensando quando atualizaram a política?

E não há mais de volta disso.

No momento em que você está lendo isso, eles podem ter atualizado também.

Escolhendo o fork do Audacity em vez de Audacity

Agora, depois do fiasco, há um fork, que está ganhando atenção e a comunidade pode acabar indo em frente com ele.

O fork do Audacity ainda não foi concluído com um nome. Mas visa reverter todas as mudanças influenciadas pelo grupo Muse.

O fork pode não estar pronto para uso primo com pacotes binários disponíveis para usuários comuns, mas você pode compilá-lo da fonte.

Enquanto ainda é algo em andamento, o fork já tem 1.7k estrelas no momento em que escrevo isso. É apenas uma questão de tempo até o fork receber mais atenção do que o projeto original.

Você pode continuar a usar Audacity de seu site oficial ou da página original do GitHub. Mas se você não concordar com os últimos desenvolvimentos da Audacity, você deve ficar de olho no fork.

Quais são seus pensamentos sobre o último fiasco do Audacity? Você quer apoiar a ferramenta original comprada pelo grupo Muse ou você é a favor do novo fork?

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Ankush Das e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

Popular Open Source Tool Audacity in News Again, for all the Wrong Reasons

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.
Propaganda