14 coisas a fazer após a instalação do Linux Mint 20

7 de outubro de 2020

Linux Mint é facilmente uma das melhores distribuições de Linux por aí e especialmente considerando os recursos do Linux Mint 20, tenho certeza que você concordará com isso.

Caso você tenha perdido nossa cobertura, Linux Mint 20 está finalmente disponível para download.

Claro, se você já usa o Linux Mint há algum tempo, provavelmente sabe o que é melhor para você. Mas, para novos usuários, há algumas coisas que você precisa fazer após instalar o Linux Mint 20 para tornar sua experiência melhor do que nunca.

Coisas recomendadas para fazer depois de instalar o Linux Mint 20

Neste artigo, vou listar alguns deles para ajudá-lo a melhorar sua experiência com o Linux Mint 20.

1. Faça uma atualização do sistema

Atualização do sistema Linux Mint 20

A primeira coisa que você deve verificar logo após a instalação é: atualizações do sistema usando o gerenciador de atualizações, conforme mostrado na imagem acima.

Por quê? Porque você precisa construir o cache local do software disponível. Também é uma boa ideia instalar todas as atualizações de software.

Se você preferir usar o terminal, basta digitar o seguinte comando para realizar uma atualização do sistema:

Comandos para usar no terminal

sudo apt update

sudo apt upgrade -y

2. Use Timeshift para criar snapshots do sistema

Criar instantâneo do sistema no Linux Mint

É sempre útil ter snapshots do sistema se você deseja restaurar rapidamente o estado do sistema após uma erro ou talvez após uma alteração acidental.

Portanto, é muito importante configurar e criar snapshots do sistema usando o Timeshift se você quiser ter um backup do estado do seu sistema de tempos em tempos.

Você pode seguir nosso guia detalhado em usando Timeshift, se ainda não sabia.

3. Instale Codecs

Para ter certeza de que você não terá problemas com a reprodução de um arquivo de vídeo MP4 ou qualquer outro formato de arquivo de mídia, convém instalar os codecs de mídia para garantir que a maioria dos formatos de arquivo de mídia funcione em seu sistema.

Você pode apenas pesquisar “mint-meta-codecs” no seu centro de software ou simplesmente digitar o seguinte comando no terminal para instalá-lo:

Comandos para usar no terminal

sudo apt install mint-meta-codecs

4. Instale software útil

Mesmo que você tenha vários aplicativos úteis pré-instalados no Linux Mint 20, provavelmente precisará instalar alguns aplicativos essenciais que não vêm integrados.

Você pode simplesmente utilizar o gerenciador de software ou o gerenciador de pacotes synaptic para localizar e instalar o software de que precisa.

Para começar, você pode seguir nossa lista de aplicativos essenciais do Linux se quiser explorar uma variedade de ferramentas.

Aqui está uma lista dos meus softwares favoritos que gostaria que você experimentasse:

5. Personalize os temas e ícones

Tema Linux Mint 20

Claro, isso não é algo tecnicamente essencial, a menos que você queira mudar a aparência do Linux Mint 20.

Mas, é muito fácil mudar o tema e os ícones no Linux Mint 20 sem instalar nada extra.

Você tem a opção de personalizar a aparência na própria tela de boas-vindas. Em qualquer caso, você só precisa ir para “Temas” e começar a personalizar.

Configurações do sistema do Linux Mint 20

Para fazer isso, você pode pesquisá-lo ou encontrá-lo nas Configurações do sistema, conforme mostrado na captura de tela acima.

Dependendo do ambiente de trabalho em que você está, você também pode dar uma olhada em alguns dos melhores temas de ícones disponíveis.

6. Ative o Redshift para proteger seus olhos

Linux Mint 20 Redshift 1

Você pode pesquisar "Redshift" no Linux Mint e iniciar ele para começar a proteger seus olhos a noite. Como você pode ver na imagem acima, ele irá ajustar automaticamente a temperatura da cor da tela dependendo do tempo.

Você pode ativar a opção de inicialização automática para que ela seja iniciada automaticamente quando você reiniciar o computador. Pode não ser o mesmo que o recurso de luz noturna no Ubuntu 20.04 LTS, mas é bom o suficiente se você não precisa de programações personalizadas ou a capacidade de ajustar a temperatura da cor.

7. Ative o snap (se necessário)

Embora o Ubuntu esteja se esforçando para usar o Snap mais do que nunca, a equipe do Linux Mint é contra isso. Conseqüentemente, ele proíbe o APT de usar o snapd.

Portanto, você não terá o suporte para o snap de fábrica. No entanto, mais cedo ou mais tarde, você perceberá que alguns softwares são empacotados apenas no formato Snap. Nesses casos, você terá que ativar o suporte a snap no Linux Mint 20.

Só porque o Linux Mint proíbe o uso dele, você terá que seguir os comandos abaixo para instalar o snap:

Comandos para usar no terminal

sudo rm /etc/apt/preferences.d/nosnap.pref

sudo apt update

sudo apt install snapd

Depois de fazer isso, você pode seguir nosso guia para saber mais sobre instalar e usar snaps no Linux.

8. Aprenda a usar Flatpak

Por padrão, o Linux Mint vem com suporte para Flatpak. Portanto, não importa se você odeia usar snap ou simplesmente prefere usar Flatpak, é bom tê-lo integrado.

Agora, tudo o que você precisa fazer é seguir nosso guia usando Flatpak no Linux para começar!

9. Limpe ou otimize seu sistema

É sempre bom otimizar ou limpar seu sistema para se livrar de arquivos inúteis desnecessários que ocupam espaço de armazenamento.

Você pode remover rapidamente pacotes indesejados de seu sistema digitando isto em seu terminal:

Comandos para usar no terminal

sudo apt autoremove

Além disso, você também pode seguir algumas de nossas dicas para liberar espaço no Linux Mint.

10. Usando Warpinator para enviar/receber arquivos pela rede

Warpinator é uma nova adição ao Linux Mint 20 para oferecer a você a capacidade de compartilhar arquivos em vários computadores conectados a uma rede. É assim que parece:

Mint 20 Warpinator 1

Você pode apenas procurá-lo no menu e começar!

11. Usando o gerenciador de drivers

Instalar drivers adicionais após instalar o Linux Mint 16

Gerenciador de drivers

O gerenciador de drivers é um lugar importante para procurar se você estiver usando dispositivos Wi-Fi precisa de um driver, gráficos NVIDIA ou gráficos AMD e drivers para outros dispositivos, se aplicável.

Você só precisa procurar o gerenciador de drivers e iniciá-lo. Ele deve detectar todos os drivers proprietários em uso ou você também pode utilizar um DVD para instalar o driver usando o gerenciador de drivers.

12. Configure um Firewall

Linux Mint 20 Firewall

Para a maior parte, você já deve ter protegido sua conexão doméstica. Mas, se você quiser ter algumas configurações de firewall específicas no Linux Mint, você pode fazer isso pesquisando “Firewall” no menu.

Como você pode observar na captura de tela acima, você pode ter diferentes perfis para casa, empresa e público. Você só precisa adicionar as regras e definir o que é permitido e o que não é permitido para acessar a Internet.

Você pode ler nosso guia detalhado sobre como usar UFW para configurar um firewall.

13. Aprenda a gerenciar aplicativos de inicialização

Se você é um usuário experiente, provavelmente já sabe disso. Porém, os novos usuários geralmente esquecem de gerenciar seus aplicativos de inicialização e, eventualmente, o tempo de inicialização do sistema é afetado.

Você só precisa pesquisar “Aplicativos de inicialização” no menu e você pode iniciá-lo e encontrar algo assim:

Aplicativos de inicialização do Linux Mint 20

Você pode simplesmente alternar aqueles que deseja desativar, adicionar um cronômetro de atraso ou removê-lo completamente da lista de aplicativos de inicialização.

14. Instale aplicativos essenciais para jogos

Claro, se você gosta de jogos, pode querer ler nosso artigo para Jogos no Linux para explorar todas as opções.

Mas, para começar, você pode tentar instalar o GameHub, Steam e Lutris para jogar alguns gamesba51.

Conclusão

É isso pessoal! Na maior parte, você deve estar pronto para ir se seguir os pontos acima após instalar o Linux Mint 20 para tirar o melhor proveito disso.

Tenho certeza de que há mais coisas que você pode fazer. Gostaria de saber o que você prefere fazer logo após instalar o Linux Mint 20. Deixe-me saber sua opinião nos comentários abaixo!

Confira também a versão original desse post em inglês
Esse post foi originalmente escrito por Ankush Das e publicado no site itsfoss.com. Traduzido pela rtland.team

14 Things To Do After Installing Linux Mint 20

Propaganda
Blog Comments powered by Disqus.